Guia de Floripa
Café modular na China quer incentivar arquitetura verde no país Probióticos são inúteis, OGMs são seguros e o glúten é necessário Buenos Aires em guerra contra a música eletrônica A arte em aquarela que a sua pele precisa conhecer O pai que tatua o braço com os desenhos do filho desde que ele tem 5 anos Conheça os traços finos e geométricos deste artista brasileiro Protetor solar feito para beber é uma forma inovadora de proteger a pele Artista faz tatuagens minimalistas em amigos em troca do que eles puderem oferecer Conheça a arte na pele de Cassady Bell Rússia inaugura a maior ponte suspensa do mundo com base para bungee jump Este é o perfil de policiais no Instagram mais legal que você já viu Conheça o serviço inovador que permite alugar carros de graça Incríveis trabalhos com ponto cruz são a nova onda da arte de rua Artista usa máquina de costura para fazer incríveis bordados inspirados na natureza Projeto colaborativo oferece próteses infantis de baixo custo inspiradas em super-heróis Bola de futebol inovadora usa o jogo para gerar energia capaz de abastecer um vilarejo inteiro Designer transforma garrafas vazias em objetos de decoração personalizados A pista de skate que evita inundações e armazena água da chuva Mãe transforma almoços dos filhos em uma grande brincadeira Carros alegóricos totalmente cobertos por flores em Festival na Holanda

segunda-feira, 29/09/2014 às 07:05

Bola de futebol inovadora usa o jogo para gerar energia capaz de abastecer um vilarejo inteiro

Por

Desde 2008, quatro alunos de Harvard vêm desenvolvendo e aprimorando uma bola de futebol diferente, que transforma a energia cinética do jogo em corrente elétrica, resultando em uma ferramenta potencialmente poderosa para trazer luz a regiões do mundo onde a rede elétrica é ainda pouco acessível.

A bola foi chamada de “Soccket” e tem um ímã que desliza para frente e para trás dentro de uma bobina de indução estabilizada, armazenando a energia gerada em um capacitor. Isso fez com que, nos testes iniciais, os responsáveis conseguissem gerar três horas de luz LED com um jogo de 15 minutos.

Eles acabaram desenvolvendo um protótipo totalmente macio, apenas um pouco mais pesado que uma bola de futebol oficial FIFA. Em 2011, percebendo o potencial do seu produto, os amigos fundaram a Uncharted Play, uma empresa para desenvolver e distribuir a Soccket e outros produtos. Nos últimos três anos, o quarteto fez da Soccket uma bola que não murcha, resistente à água e com uma capacidade mais elevada.

Eles levantaram com sucesso mais de meio milhão dólares em sites de crowdfunding, entre eles oKickstarter, e decidiram ampliar sua produção, com o objetivo de fabricar pelo menos 50 mil bolas para distribuição no Brasil, Costa Rica, El Salvador, Honduras, México, Nigéria, África do Sul, Tanzânia e Estados Unidos.

O vídeo abaixo apresenta este produto que usa o poder mobilizador do futebol para mudar o mundo:

001 002 003

Para as 1,3 bilhões de pessoas sem acesso à luz elétrica, mesmo uma simples tecnologia como a Soccket, que ainda não é tão eficiente ou de alta capacidade como uma rede de energia, pode fazer uma grande diferença no estilo de vida dessas pessoas.

Todas as fotos da fanpage e site da Uncharted Play.

Fonte: Hypeness

Guia de Floripa